O Outubro Rosa foi criado no início da década de 1990 pela Fundação Susan G. Komen for the Cure, com o objetivo de compartilhar informações e promover a conscientização sobre o câncer de mama, proporcionar maior acesso aos serviços de diagnóstico e de tratamento e contribuir para a redução da mortalidade. A primeira ação no Brasil aconteceu em 2002, no parque Ibirapuera, em São Paulo, com a iluminação cor-de-rosa do Obelisco Mausoléu ao Soldado Constitucionalista. A partir de 2008, iniciativas como essa se tornaram cada vez mais frequentes. Diversas entidades relacionadas ao câncer passaram a iluminar prédios e monumentos, transmitindo a mensagem: a prevenção é necessária.

O câncer de mama é um tumor maligno que ataca o tecido mamário e é um dos tipos mais comuns, segundo o Instituto Nacional do Câncer ele se desenvolve quando ocorre uma alteração de apenas alguns trechos das moléculas de DNA, causando uma multiplicação das células anormais que geram o cisto.

Segundo o Instituto Oncoguia, diagnosticar o câncer precocemente aumenta significantemente as chances de cura, 95% dos casos identificados em estágio inicial têm possibilidade de cura. Por isso, a mamografia é imprescindível, sendo o principal método para o rastreamento da doença.

Fatores de risco para o câncer de mama

• Idade avançada

• Menarca precoce (primeira menstruação antes dos 12 anos de idade)

• Menopausa tardia (última menstruação após os 50 anos)

• Gravidez após os 30 anos

• Histórico familiar (parente de primeiro grau com a doença)

• Ingestão regular de álcool (mesmo em quantidade moderada)

• Não ter tido filhos

• Obesidade

• Dieta rica em gordura

Sinais anormais que você deve ter atenção

• Qualquer deformação ou alteração no contorno natural da mama

• Qualquer retração ou desvio do mamilo

• Qualquer saliência da pele ou mama

• Vermelhidão e/ou descamação em torno do mamilo ou da auréola

• Perda de sangue pelo mamilo

• Qualquer nódulo ou caroço duro na mama ou na axila

Cuidados que ajudam a prevenir o câncer de mama.

Ter uma alimentação saudável e equilibrada (com frutas, legumes e verduras), praticar atividades físicas (qualquer atividade que movimente seu corpo) e não fumar. Essas são algumas dicas que podem ajudar na prevenção de várias doenças, inclusive do câncer.