O equipamento é usado para converter a energia gerada pelos painéis solares, de corrente continua para corrente alternada, possibilitando assim o uso da energia gerada.

Geralmente em residências o inversor é instalado próximo ao quadro de luz, de um modo que a luz do sol não o venha atingir e fique longe da água. Em mini usinas comerciais e industriais geralmente é construído uma sala apenas para abrigar os inversores.

Inversor Solar On-Grid

Usado para conectar o sistema fotovoltaico à rede da sua residência ou empresa, projetado para se desligar rapidamente da rede elétrica caso ela venha a cair.

Esse modelo é o mais usado no mundo.

É possível conectar todos os equipamentos usados no dia a dia nesse inversor. Apenas equipamentos cirúrgicos e equipamentos extremamente sensíveis requerem inversores de onda senoidal pura.

Inversor Solar Off-Grid

Off-grid significa “fora da rede” ou “desconectado da rede”. Esse tipo de inversor usa bateria para funcionar, pois não é ligado a rede elétrica, normalmente são usados em regiões onde a não há acesso a rede elétrica.

Inversor Solar Híbrido

Esse modelo permite que você o use conectado ou não a rede elétrica.

Como escolher um bom inversor?

Você deve analisar a eficiência e confiabilidade. Eficiência interfere na quantidade de energia gerada pelos painéis que será utilizada. Confiabilidade diz respeito sobre os riscos que você ira correr te der um problema com o equipamento.

Se tiver que escolher entre um ou outro opte pela confiabilidade, vale mais perder 1% a 3% da energia gerada do que ter problemas com o inversor.

Confira no link abaixo o post em que falamos sobre tudo o que você precisa saber antes de escolher seu painel solar.

Link

Garantia do Inversor Solar

Normalmente os inversores vem de fábrica com 5 anos de garantia e os fabricantes oferecem a opção de estende-la para 10 anos. É possível encontrar inversores que já vem com 10 anos de garantia, mas lembre-se não é porque ele tem mais garantia que tem uma qualidade maior. O importante é que a garantia seja nacional e que a empresa tenha uma boa reputação. 

Gostou? Ficou com dúvidas? Deixe nos comentários. Lembre-se de nos acompanhar nas redes sociais para não ficar de fora de nenhuma novidade.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *